Projetos buscam trazer movimento para a feira

Por Rogerio Filho e Vanete araujo 

Na tentativa de trazer consumidores para a feira, a Secretaria de Cultura criou o projeto “Feira Feliz” que acontece a cada quinze dias, aos sábados, na tentativa de revitalizar o Mercado Municipal e incentivar a população a frequentar o espaço. O primeiro encontro aconteceu no dia 19 de novembro e contou com várias apresentações artísticas, música ao vivo e, na ocasião, a professora Cristina Fonseca falou sobre o racismo em alusão ao Dia da Consciência Negra.

Segundo a secretária de cultura Rosa Peres, a demanda surgiu após reclamação dos feirantes sobre a falta de público. “Como as feiras, os mercados municipais servem de pontos turísticos em todas as cidades, a prefeita Adriana convidou os parceiros como a Secretaria de Cultura, Esporte e Educação, para que a gente criasse o projeto”, comenta.

A produtora rural Rosa Soares de Lima mora no Guarani, que fica cerca de 38 quilômetros de Rondon e tem sido diretamente afetada pelo baixo número de consumidores no mercado municipal. Às vezes ela volta com os produtos para casa, o que gera um gasto maior já que ela possui transporte e sofre com o preço alto da gasolina. Segundo ela, a feira itinerante que acontece toda semana pela cidade tem prejudicado a feira coberta na sexta-feira. “Quem vem na quarta não vem na sexta. Está muito difícil para a gente vender as coisas, o povo não tem quase dinheiro. Eu vim um dia no sábado, porque não pude vir na sexta, e voltei com meus produtos todos para casa”, reclama.

A Secretaria de Agricultura tem um projeto para confeccionar novas bancadas para o mercado. Segundo o secretário Edivaldo Martins dos Santos, ele e equipe estão avaliando as medidas pois não podem simplesmente tirar os feirantes da rua na feira itinerante. “Eu conversei com eles, que me disseram: como é que eu vou tirar o pão de cada dia deles?” diz.

Em tempos de pandemia, a tecnologia que foi uma das principais aliadas para o comércio de produtos. Mas esse serviço não é disponibilizado no mercado municipal. Segundo alguns vendedores, uma rede de sinal Wi-Fi faria toda a diferença, já que muitos clientes entram em contato com os produtores pelo celular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s