Ações solidárias oferecem cestas básicas a famílias em Rondon

Por Jussara Alves e Lucas Guilherme


Durante este período de pandemia do Covid-29, organizações, institutos, igrejas, estabelecimentos e outros setores da sociedade civil estão realizando ações de solidariedade com a entrega de cestas básicas em diversos bairros do município.
Diante das medidas propostas pelo governador do Estado, alguns serviços estão suspensos e outros com horários mais reduzidos. Com o isolamento social muitas pessoas foram atingidas e ficaram sem ter de onde tirar seu sustento. A ONG Amor Multiplicado, que faz campanha todo ano no período da Páscoa doando ovos de chocolate e caixas de bombom para crianças de famílias de baixa renda, arrecadou cestas básica para as famílias cadastradas no Programa Educar, desenvolvido pela ONG, voltado para crianças de cinco a 12 anos com aulas de reforço, incentivo à leitura, palestra de saúde bucal e oficinas.

Equipe da ONG Amor Multiplicado distribui cestas básicas

De acordo com a presidente da ONG Amor Multiplicado, Ingrid Anjos, o programa está parado devido a pandemia já que a recomendação é que não haja aglomeração. “A ONG está ajudando cinco famílias cadastradas que contemplam ao todo 25 crianças, e fazendo visitas para ver o que estão precisando. Essa visita está sendo feita por uma ou duas pessoas da ONG que vão ao local verificar a situação delas. Por conta do Covid-19 muitos pais não estão indo trabalhar, eles precisam muito de alimentos, então estão sendo arrecadados alimentos para montar a cesta”.
Com a pandemia, não foi possível realizar o evento anual como de costume. De acordo com a coordenadora da ONG, Natália Silva, o evento foi substituído por essa ação. “As famílias já vivem uma situação muito difícil, mas nesse período complicou ainda mais para todo mundo. Nós recebemos algumas mensagens com as quais ficamos de coração partido. Haviam famílias que só tinham arroz e farinha para comer. São situações extremas e que sentimos a necessidade de tentar ajudar, o pouco que conseguimos já é uma grande ajuda para eles”.

Maçonaria
Ações dessa natureza também foram realizadas pela Maçonaria com apoio da comunidade e dos estabelecimentos comerciais. Segundo o corretor de imóveis, Reinaldo Reis, que pertence ao grupo maçônico, a ação aconteceu através das redes sociais pelas quais as pessoas foram convidadas a doar cestas básicas. “Em conjunto com os maçons fizemos o convite pelas redes sociais para a doação de uma cesta básica no valor de R$ 60,00. As entregas foram feitas de maneira anônima, pois na maçonaria o que a gente doa com a mão direita a esquerda não vê. É uma forma de ajudar as famílias neste momento e principalmente os pais de famílias que estão sem trabalho”.
A igreja católica também realizou missão com as famílias carentes através das ações do grupo Apostolado da Oração. A coordenadora do grupo, Maria de Jesus, comenta que é feito um trabalho de assistência social pela igreja que acontece toda primeira semana do mês no qual são atendidas 50 famílias beneficiadas com uma cesta básica. Mas nesse período a ação teve que ser diferente das outras devido o Covid-19. “Apesar da restrição para gente não haja aglomeração, não podíamos deixar de fazer e ajudar. Fazer essa ação, principalmente nesse momento em que a maioria da população está passando por dificuldade, é importante. Não deixamos de tomar todas as medidas necessária para não haver contato uns com os outros. Foi feita uma fila com um metro de distância entre as pessoas”.

Universidade

Professores, técnicos e alunos do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA) da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) também se mobilizaram para doar cestas básicas a famílias em situações de vulnerabilidade social dos bairros Recanto Azul, Jardelândia, Novo Horizonte e Gusmão. Ao todo, 17 cestas foram montadas com itens básicos, como arroz, feijão, farinha e produtos de higiene. Para o Professor Jax Aragão, diretor da Faculdade de Comunicação (Facom), foi um momento de solidariedade e de contribuição com as famílias que tem sofrido mais privações com o período da pandemia da Covid-19. “É uma cesta simbólica que irá contribuir durante alguns dias para essas famílias”.

Prefeitura
Outras ações também foram realizadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social como o auxílio aos moradores de ruas que ficam na Praça da Paz, no centro da cidade. Famílias também receberam cestas básicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s