Circulação de pessoas diminui com suspensão de atividades

Por Jussara Alves e Lucas Guilherme

A pandemia do coronavírus tem deixado a população em alerta, principalmente na questão do contato entre as pessoas. O governo do estado divulgou nesta sexta-feira (20) 14 novas medidas a serem seguidas para frear a circulação do coronavírus no Pará. Dentre elas estão o fechamento de vias marítimas e terrestres. A partir deste domingo (22) já não será permitido transporte interestadual de ônibus e embarcações. De acordo com motorista do serviço de van que faz rota entre Marabá e Rondon do Pará, Edivan Vieira dos Santos, o serviço de transporte entre as duas cidades vai continuar mas o movimento de passageiros caiu bastante. “O nosso trabalho continua normalmente mas as pessoas que vem de fora, de outros países, não estão andando com a gente. Nem estamos autorizados a buscar passageiros no aeroporto. Só embarcam as pessoas da nossa região por questões de segurança”.

As pessoas que cheguem do exterior ou de regiões com propagação do vírus devem informar a Secretaria de Saúde pelo telefone/Whatsapp (94) 9 9124- 3941. Quem tiver conhecimento desse tipo de caso também pode entrar em contato. É preciso ficar em isolamento por pelo menos 7 dias, conforme determinação do Ministério da Saúde.

Os aeroportos brasileiros ainda continuam funcionando e como o governo do estado não tem jurisdição para fechá-los, as medidas nestes locais serão educativas. “O ambiente aeroviário é de responsabilidade federal. Não podemos autorizar fechamento. Mas haverá, nestes locais, os colaboradores da Anvisa e Sespa que estarão realizando inspeções para orientar passageiros, sobretudo alguém que estiver apresentando sintomas”, explicou o governador Helder Barbalho ontem em coletiva de imprensa.

Comércio, bares e restaurantes

Também estão fechados, desde a meia-noite de ontem, bares, restaurantes e casas noturnas. Em Rondon a rotina desses espaços mudou. As padarias e lanchonetes também já retiraram mesas e cadeiras pois os clientes não podem ficar no local, somente levar os alimentos para casa. Representantes do comércio estiveram neste sábado (21) em reunião com o prefeito Arnaldo Rocha e decidiram manter o comércio aberto. “Por enquanto nada de fechar comércios em geral, só manter a calma e orientações preventivas conforme solicitado por autoridades médicas”, disse Itamar Silva, presidente do Sindilojas. Eles já haviam decidido em Convenção Coletiva de Trabalho (2020/2022) na sexta-feira, além do salário base de R$ 1.200,00, o acordo com empresas associadas de férias coletivas ou individuais com aviso prévio de 72 horas caso o comércio precise fechar.

Mercados e farmácias vão ficar abertos mas já estão tomando medidas para evitar a contaminação de funcionários e clientes. Vendedores que ficam diretamente em contato com o público estão utilizando máscaras, luvas e álcool em gel em alguns lugares.

Funcionários do supermercado Boa Sorte usam luvas e máscaras como prevenção

A sugestão do governo do estado é que os comércios de alimentação passem a atuar com serviços de entrega. O proprietário do restaurante Mec Bom, Welton Noleto, adotou esse procedimento. “Nós estamos tomando medidas para evitar aglomeração. Algumas pessoas estão ligando e vem buscar o lanche. Muitos não querem ficar presos em casa e por isso saem para buscar”. Outros restaurantes, como a hamburgueria BrasaBurguer, adotou, além do serviço de entrega, também o Drive Thru, no qual a pessoa pode fazer o lanche no carro ou na moto em frente ao estabelecimento.

Trabalhadores autônomos

Para quem trabalha por conta própria, a situação de quarentena preocupa para além das questões de saúde. A situação financeira de quem não pode trabalhar por ter contato direto com pessoas pode ser bastante prejudicada. A diarista Graciana Gomes, que trabalha em duas residências, está preocupada. “Uma das patroas me liberou do trabalho e disse que vai continuar pagando. Já na outra casa eu continuo com o serviço, até o momento não foi passado nada a respeito. Eu preferiria me afastar, mas se não trabalhar eu fico sem receber, e aí é difícil”. Essa é a situação também de quem trabalha em salão de beleza. Luana Silva, manicure, disse que até agora não foi comunicada se o salão vai fechar ou não, mas está preocupada. “Como somos empregados temos que esperar o posicionamento do nosso município, o que o prefeito vai dizer. Medo acredito que cada um tem, pois é um vírus que está tirando a vida das pessoas. No salão estamos atendendo um por vez, não temos aglomeração de pessoas, só que o movimento caiu bastante, as pessoas estão se conscientizando e ficando em casa”.

Panificadora Empório do Pão teve que retirar mesas e cadeiras para evitar que as pessoas fiquem no local

Culto em igrejas

As igrejas têm posicionamentos diferentes e nem todas aderiram às medidas. A igreja católica suspendeu as celebrações e vai transmitir as missas pelo rádio. Em nota, o pároco Juraci Matos informou que diante do avanço tão rápido do vírus tomou a decisão de suspender todas as atividades a partir de amanhã, domingo. A missa das 7 horas será transmitida só com a equipe. “Peço que nos horários das missas, tanto durante a semana, às 18h30, como aos domingos, todos fiquem sintonizados em oração”. Já a igreja Batista Nacional suspendeu alguns encontros, mas o culto de domingo continua. De acordo com o participante do Ministério de Louvor, Maxwell Matos, algumas atividades tiveram mudança. “O culto de quinta-feira continua normal, o de jovens está suspenso e o culto de domingo irá acontecer em três etapas, pela manhã, tarde e à noite para as pessoas não ficarem sem congregar, mas com o limite de pessoas estipulado para cada horário e o limite de distância sendo respeitado”.

Cuidados mentais

Com a suspensão das aulas e de outras atividades, e a indicação para que a população permaneça em casa, muitos estão precisando se adequar à rotina da quarentena. Alguns estudantes e professores continuam estudando, mesmo à distância. Para o professor universitário Marcus Gama, com a paralização das aulas os estudantes podem continuar com suas rotinas de estudo na própria casa. “Estudar em casa, seja na frente de um computador ou mesmo através de livros, deve ser uma tarefa levada a sério e com muita responsabilidade. Muitas pessoas encontram dificuldade em fazer isso, sem a presença física de um professor instruindo e respondendo às perguntas. Este talvez seja o maior dos desafios. Em casa, com todo o conforto e formas de lazer disponíveis, a dificuldade em conseguir permanecer concentrado é natural”, disse o professor. Além disso, há a questão da socialização. Sem poder estar em contato, algumas pessoas podem desenvolver uma sentimento de solidão. De acordo com a psicóloga Anna Bocaina, o período em que as pessoas se encontram dentro de suas casas pode ser um momento para buscar o autoconhecimento que a correria do dia a dia não permite. “Estamos o tempo todo distraídos e buscando distrações, nossos dias são cheios de ocupação e não temos tempo de nos cuidar e muito menos de nos conhecer. Passamos a vida atolados em funções inventadas pelo tempo e pelo dinheiro e esquecemos que autoconhecimento é autocura”. Para quem está aflito por não estar acostumado a ficar em casa, a psicóloga sugere fazer atividades dentro da própria casa, aproveitar como um tempo de respiro, olhar a si mesmo com cautela e perguntar-se quais são suas verdadeiras aspirações para estar aqui neste mundo agora. “Escolha livros que sejam de seu interesse verdadeiro e não obrigatórios, escolha filmes para assistir, receitas para inventar na cozinha, arrume a casa, os cantos, os guarda-roupas, se desapegue daquilo que apenas ocupa espaço e nos entope em todos os níveis: seja ele material, emocional ou espiritual”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s