Projeto oferece curso de gestão financeira a feirantes

Por João Carlos Oliveira

Na manhã do último sábado (25), alunos de ciências contábeis da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) estiveram no Mercado Municipal para mais uma etapa do projeto “Gestão de Custos e Formação de Preços na Agricultura Familiar”. O projeto, coordenado pelo professor de Ciências Contábeis, Denilson da Mata, tem como foco principal prestar suporte de gestão financeira aos feirantes. A idéia tem empolgado alguns comerciantes, como Alessandro Santos, que vê essa proposta de capacitação como algo inovador e de muito potencial. Assim como outro feirante, João Santos, ele está animado com a idéia e pretende participar. A motivação com o projeto vem também dos alunos, como é o caso de Rita Terra e Deles Silva. Rita é filha de feirante e Deles já foi uma vendedora do local. Elas se dizem muito satisfeitas em contribuírem com esse retorno à comunidade prestado pelo universidade. 

O feirante João Santos em conversa com o professor Denilson da Mata

Mas antes das ações de capacitação, o professor e os oito alunos envolvidos no projeto vêm mapeando as demandas dos feirantes. Já foram aplicados 28 questionários até o momento. Constatou-se, por exemplo, que muitos não contribuem com a previdência. Nesse sentido, a idéia é buscar parcerias com o sindicato e com o INSS. Mas as demandas na Feira Eduardo Ribeiro de Aquino não se dão apenas na área de gestão contábil dos comerciantes. Os idealizadores do projeto também identificaram dificuldades logísticas e de estrutura  enfrentadas pelos feirantes. Muitos são da zona rural e acabam tendo um custo a mais com o transporte. Além disso, o mal cheiro vindo de uma fossa muitas vezes compromete a circulação de clientes no mercado. Partes do telhado, que parecem ter sido construídas em épocas diferentes, deixam alguns pontos descobertos. Essas e outras problemáticas serão levadas pelos integrantes do projeto à secretaria de Obras e de Agricultura. Mas antes serão ofertados cursos em três sextas-feiras, em horários alternados, entre o final de junho e início de julho, quando o grupo vai formular conjunto com os feirantes o que será levado aos gestores. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s