Discentes da Unifesspa realizam paralisação nesta quarta-feira

Por Jussara Alves

Os discentes do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA), da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), realizam nesta quarta-feira (15) mobilização em Rondon do Pará, e explicam se manifestar, no ato da paralisação, por meio da exposição de Projetos de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidos nos cursos, na Praça da Paz, a partir das 16h.

2b0ce92d-59d2-4d28-80de-ac49a8380e68

A mobilização é referente ao corte de 30% dos recursos orçamentários às Universidades e Institutos federais, ação do Governo Federal que interfere diretamente na manutenção e estrutura dos locais de ensino, além de impossibilitar o desenvolvimento de trabalhos acadêmicos de forma geral.

A reivindicação não é apenas dos discentes do ICSA, mas de todas as universidades do país, que neste dia 15 de maio, vão às ruas mostrar que são contra os vetos orçamentários do atual governo.

Estudante do primeiro semestre do Curso de Jornalismo, Camila Gusmão, comenta a importância dos alunos irem às ruas e defender o Ensino Superior. “É muito importante, pois estaremos apresentando a Universidade para à comunidade, algumas pessoas ainda não têm entendimento sobre a Unifesspa em Rondon do Pará. Com o intuito de aproximarmos à comunidade. Apresentar os trabalhos na Praça será nossa maneira de mostrar nossa indignação com o que vem acontecendo”.

“O evento ‘Universidade na Praça’ tem por objetivo mostrar à sociedade a importância que a Universidade tem. Precisamos que a sociedade lute conosco, por uma Educação Pública gratuita e de qualidade”, disse Vitoria Gemaque, representante do Centro Acadêmico de Ciências Contábeis.

De acordo com a Diretora Adjunta do ICSA, Marcilene Feitosa, a iniciativa dos alunos é importante para essa mobilização, principalmente levando os trabalhos de pesquisa e extensão para serem mostrados em praça pública. “Uma organização que parte dos Centros Acadêmicos, em que os trabalhos desenvolvidos na Semana Acadêmica serão expostos para a comunidade rondonense”.

Como forma de contribuir com a iniciativa dos discentes, o Sindicato dos Trabalhadores de Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp) irá paralisar neste dia 15, propondo uma programação voltada para discutir a Reforma da Previdência. Iniciando às 8h, com uma tenda, na Praça da Paz, para coletar assinaturas contra a Reforma da Previdência. “Estamos observando as mudanças que estão acontecendo no Brasil, e o que mais têm sido atacado é a Reforma da Previdência e a educação de forma geral. A paralisação é uma resposta aos ataques que vem acontecendo”, explicou João Evangelista, Presidente do Sintepp.

c42a1b27-0975-4027-96da-e4c0274205af

Em nota, a Unifesspa se posiciona:

Em Assembleia realizada na data de 09/05/19, em Marabá, os/as docentes da Unifesspa aprovaram a paralisação das atividades acadêmicas para tomar as ruas junto com os estudantes e professores da Rede Municipal e do IFPA. Os campi fora de sede também estão mobilizados: Xinguara, São Félix do Xingu e Rondon do Pará aprovaram a paralisação e promoverão atividades locais para dialogar com a população e denunciar o ataque terrível que a educação vem passando. É hora de levantar e defender nossos direitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s